7 passos para criar um programa de recompensas com os seus motoristas

Saiba como é possível engajar os seus colaboradores utilizando a análise de dados da sua frota de veículos

2020

Blogpost | Recursos Humanos

Quem é gestor de frotas sabe que, antes de toda e qualquer máquina que compõe seu comboio, estão as pessoas!  Na verdade, quando estamos fazendo a gestão da frota de veículos, estamos monitorando, controlando e gerindo o recurso mais importante de qualquer empresa: os seus funcionários.

De acordo com um estudo do Conselho Federal de Medicina (CFM), mais de 368 mil pessoas morreram, entre os anos de 2008 e 2016, vítimas de acidentes de trânsito. Esse dado ainda não conta aqueles que ficaram feridos ou inválidos em decorrência de atitudes imprudentes de quem estava ao volante. Com isso, fica claro que o risco de ter um colaborador dirigindo pela empresa é muito grande!

Apesar de sabermos que todo condutor, além de ser devidamente habilitado, deve ter conhecimento sobre as leis previstas no Código de Trânsito Brasileiro, não é bem isso que os dados mostram. Ainda segundo o CFM, a cada hora 20 pessoas dão entrada em um hospital da rede pública com ferimentos causados por acidentes de trânsito e, em média, 05 vão à óbito pelo mesmo motivo. Definitivamente, não queremos que nenhum funcionário da nossa empresa entre para esta estatística, não é mesmo?!

O recurso mais importante de qualquer empresa são os seus funcionários

Por isso, eu, Rafael, do time de Sucesso do Cliente da Mobi7, estou aqui para te contar como é possível engajar o motorista com um programa recompensas, deixando claro para o colaborador que, junto da empresa, ele tem corresponsabilidade por suas atitudes e comportamentos no trânsito. Por fim, vou te apresentar os 7 passos para implantar um bom programa de recompensas dentro da sua empresa. Vamos começar?

Engajar o colaborador é o primeiro passo

Engajar os colaboradores e garantir que eles ajam de acordo com os princípios determinados pelas políticas da empresa é um dos principais desafios daqueles que estão à frente da administração das companhias. Mas será que a sua empresa tem claro quais são esses princípios?

Toda corporação existe para cumprir um determinado propósito. Esse é o DNA da empresa e, junto da visão e dos pilares da marca, são o ponto de partida para definir um planejamento estratégico inspirador, motivador e capaz de engajar todos os colaboradores.

Vou dar um exemplo: aqui na Mobi7, nosso propósito é “desenvolver tecnologias e serviços que permitam que pessoas, bens e negócios se movimentem de maneiras cada vez mais eficazes”. De forma simples, essa frase define o que se espera do trabalho dos nossos colaboradores e como a empresa quer ser reconhecida pelos nossos clientes.

Definir um planejamento estratégico inspirador e motivador é o primeiro passo para engajar todos os colaboradores

E isso se aplica diretamente no nosso dia a dia – sempre que nosso time de Sucesso do Cliente está reunido, estruturando ou planejando uma mudança que envolve os clientes, nos questionamos: este processo realmente vai trazer mais eficácia na gestão da frota do nosso cliente? Como ele vai contribuir para que as pessoas, os bens e o negócio como um todo se movimentem e cresçam?

Junto do propósito, ainda existe  a visão, que determina o objetivo da empresa, onde ela quer chegar; e os pilaresque determinam as regras do jogo e levam em consideração como a equipe se comporta, como as pessoas são motivadas e inspiradas a se tornarem cada dia melhores naquilo que se propõe a fazer.

Engajar o motorista é o real desafio

O planejamento estratégico da empresa, com o propósito, a visão e os pilares, é essencial para engajar todo colaborador, independentemente da sua função dentro da companhia. Mas quando estamos falando de gestão de frotas, ainda é preciso engajar os motoristas com ações mais próximas da realidade do trabalho deles. Para isso, existe a Política de Frotas, um documento que prevê as regras e as boas práticas de utilização dos veículos no dia a dia destes colaboradores.

Caso a sua empresa não tenha uma política de frotas definida e assinada por todos os motoristas, nós criamos um modelo de base que pode ser utilizado por qualquer companhia. Preencha o formulário e utilize o documento de acordo com as regras que se aplicam no seu caso.

Estar ciente dos horários permitidos para utilização dos veículos, rodar devidamente identificado, cumprir a agenda de visitas diariamente, respeitar os limites de velocidade das vias e evitar acidentes de trânsito são questões recorrentes que fazem parte das obrigações de trabalho de qualquer motorista e gestor de frotas. Por outro lado, não cumprir alguma regra, não atender a uma janela de entrega ou coleta, ou ainda dirigir de maneira imprudente são atitudes que podem gerar custos operacionais e colocar em risco a vida dos próprios colaboradores e de outras pessoas que trafegam pelas ruas e estradas.

Para que isso não ocorra, os seus funcionários precisam estar realmente engajados! E uma das melhores formas de engajar e dar autonomia e responsabilidade para o colaborador, é por meio de um programa de recompensas! Vamos conhecer os 7 passos para implantá-lo na sua empresa?!

7 passos para implantar um programa de recompensas

Um programa de recompensas tem como objetivo mostrar ao colaborador a sua importância, seu valor como parte da empresa e o valor da sua vida em si. Este programa deve estar sempre alinhado aos objetivos da empresa e deve recompensar o funcionário por meio do seu desempenho profissional.

Além de incentivá-lo a seguir o que foi previsto na política de frotas, a implantação do programa pode aumentar a produtividade do time e reforçar a cultura organizacional da companhia toda. Afinal de contas, todos devem adotar atitudes e comportamentos íntegros para atingir seus objetivos profissionais, não é mesmo?

Com um programa de recompensas, você mostra ao colaborador seu valor como parte da empresa e o valor da sua vida em si

Mas aí vem a dúvida: como devo implementar um sistema de recompensas?

  1. Mapeie a expectativa dos colaboradores – Para que os colaboradores se sintam motivados, as recompensas devem atender às necessidades reais do time, de acordo com o estilo de vida, condição familiar, costumes da região, etc;
  1. Defina as recompensas – Com base no perfil dos funcionários, das equipes e do orçamento disponível, defina as recompensas para cada time, de acordo com cada atitude que deve ser melhorada ou objetivo que deve ser atingido;
  1. Estabeleça metas– Caso sua empresa tenha uma ferramenta de gestão de frotas como a da Mobi7, você poderá estipular metas de comportamento de direção de acordo com os dados disponibilizados pela plataforma. O relatório de ranking de motoristas, que atribui uma nota a cada condutor de acordo com a quantidade de ofensas cometidas por quilômetro rodado, é uma ótima maneira de garantir que os condutores dirijam dentro dos limites de velocidade estipulados pelo Código de Trânsito Brasileiro;
  1. Faça parcerias com outras empresas – Essa prática pode ajudar no custeio do programa. Muitas empresas procuram parcerias para compartilhar descontos para incentivar o consumo, seja em restaurantes, lojas, conveniências;
  1. Comunique os colaboradores – As regras, metas e recompensas devem ser divulgadas de maneira clara e de fácil compreensão para todos. É importante ter um plano de ação para os funcionários que vão entrar no fluxo enquanto o programa já estiver em andamento. Caso as recompensas sejam mensais, as regras devem prever que os funcionários contratados poderão participar somente no mês seguinte, por exemplo;
  1. Cumpra com o combinado – É essencial que a empresa realmente cumpra com que foi pré-estabelecido, dentro do prazo! Nada de prometer e depois voltar atrás, isso desmotiva a equipe e você pode sentir os reflexos na produtividade do seu time;
  1. Divulgue os resultados – Lembre-se que, além da premiação e dos benefícios concedidos num programa de recompensas, você está promovendo o reconhecimento profissional ao trabalho destes funcionários! É muito importante divulgar para toda a empresa este reconhecimento para que os colaboradores se sintam valorizados perante a equipe, passem a trabalhar mais felizes e satisfeitos e, consequentemente, incentivem outras pessoas do time a buscarem o mesmo.

O sistema de recompensas também é uma ótima maneira de abrir a mente da sua equipe perante uma plataforma de rastreamento, como a Mobi7. Ao invés do colaborador pensar que o monitoramento joga contra ele, trazendo à tona os comportamentos de direção indesejados, o funcionário vê que a tecnologia está ao seu lado e dá destaque aos motoristas que prezam pela sua própria segurança e daqueles que compartilham o mesmo ambiente no trânsito.

Lembra do propósito da Mobi7, que eu te contei no início do texto? Pois é isso que uma ferramenta de gestão de frotas faz: por meio de tecnologia de ponta e com profissionais capacitados, prestamos um serviço que auxilia você, seus bens e seu negócio a se movimentarem de maneira cada vez mais segura e eficaz.

Ficou curioso para conhecer mais sobre a nossa plataforma? Entre em contato com a nossa equipe e faça uma demonstração guiada do sistema que pode trazer mais produtividade e segurança para a sua empresa.
×