Estratégia e tecnologia: a manutenção preditiva como diferencial na gestão de frotas

Como garantir segurança e economia na sua frota com a implementação da manutenção preditiva em todos os seus ativos. Descubra como aqui! 

Por Mobi7

2024

BlogPost

O acompanhamento da vida útil dos ativos e a realização de manutenções preditivas conferem à frota mais segurança e economia. Além disso, é uma forma objetiva de usar a tecnologia em prol de uma gestão mais moderna e eficiente. 

A gestão de frotas do futuro já chegou e deve ser vista como algo vital para os gestores estratégicos. Estar sempre atento às novidades, principalmente no que se refere às tecnologias, é primordial para se manter um passo à frente da concorrência. 

O que são os ativos em uma frota

O termo “ativos” pode se referir a qualquer bem, material ou imaterial, de um negócio. No contexto da gestão de frotas, “ativos” é uma referência direta aos veículos. 

Para o professor de Engenharia Mecânica Mauro Suarez, da Faculdade Anhanguera, a vida útil dos veículos não pode ser definida pelo número total de quilômetros rodados. Em uma entrevista do fim do ano passado (2023), ele afirma que a vida útil de um automóvel pode sofrer variações, a depender de múltiplos fatores. 

Dentre esses inúmeros fatores, ele cita o local onde o veículo é utilizado, o comportamento do motorista e ainda o tipo de manutenção realizado em determinado ativo.  

A partir de agora, vamos analisar como a manutenção impacta a vida útil de um veículo, em especial a manutenção preditiva, que une tecnologia e estratégia, e é capaz de prolongar por alguns anos a utilização de um carro. 

O conceito de manutenção preditiva

Pelo dicionário, “preditivo” é o ato de predizer, de dizer por antecipação ou previsão, que algo vai se concretizar em um dado momento futuro. 

Dessa forma, entende-se por manutenção preditiva a ação efetiva de reparos ou substituições de itens no veículo, com base em dados coletados ou monitorados e devidamente analisados de forma remota ou por inspeção. 

Essa técnica se apoia na utilização de sensores e sistemas de monitoramento que coletam dados sobre o desempenho do ativo e usa algoritmos para analisar os dados e prever possíveis falhas. O objetivo é antecipar ações, a fim de dar mais eficiência ao objeto em questão, que para nós são os automóveis. 

Preventiva e preditiva: qual a diferença

A manutenção preventiva tem como foco a substituição regular de peças ou componentes como forma de gerenciamento de um ativo. 

Já a manutenção preditiva conta com algum tipo de monitoramento ou coleta de dados para guiar seu real entendimento sobre determinado item. Ou seja, ela deixa de considerar padrões estatísticos e analisa tais substituições com maior personalização 

É importante ressaltar que não existe um tipo de manutenção melhor do que o outro. O que existe são necessidades específicas por parte de empresas, assim como diferentes condições de investimento. Desse modo, é interessante avaliar o que seria possível dentro do que você precisa, considerando o que você pode. 

Os benefícios da manutenção preditiva

Vejamos a seguir as principais vantagens de se implementar a manutenção preditiva na gestão de frotas: 

SEGURANÇA 

Identificar de forma precoce potenciais falhas que apresentem risco à saúde e à segurança do motorista (ou mesmo de outros atores da dinâmica do trânsito) permite que ações preventivas sejam realizadas. 

Isso preserva vidas e garante um trânsito, como um todo, mais seguro. Além disso, possibilita um resguardo jurídico por parte do gestor, que é o responsável direto por garantir a segurança de seus motoristas. 

PRODUTIVIDADE 

Ao prevenir falhas em potencial, as paradas não programadas do ativo são evitadas. Dessa forma, aumentamos a disponibilidade da frota, com um fluxo maior de rodagem e de forma mais eficiente. 

DEPRECIAÇÃO 

Ao implementar a manutenção preditiva, as empresas reduzem a gravidade dos danos e a propagação de defeitos. 

Por exemplo, um problema identificado em uma peça de baixo custo pode influenciar o desempenho de uma outra peça de custo maior e definir assim o ciclo de vida útil de um ativo. 

CUSTOS 

A longo prazo, esse tipo de manutenção se torna crucial para o equilíbrio fiscal de um negócio. Isso porque, com manutenções regulares e programadas, os ativos têm melhor aproveitamento, e os colaboradores não ficam ociosos por paradas surpresas. 

A manutenção preditiva na prática

A análise preditiva é realizada a partir de quatro pilares: 

  • VIBRAÇÕES 

O veículo é formado por peças, engrenagens e válvulas que produzem vibrações e se degradam quando estão em funcionamento.  

Ao aplicar a manutenção preditiva, avalia-se o nível de vibração, que indica exatamente o real estado de conservação de determinada peça. 

  • SUPERFÍCIES 

Essa etapa seria um complemento da análise de vibrações, pois refere-se à observância da superfície das peças. Nessa inspeção, basicamente visual, é feita a busca por anomalias ou desgastes que impactam o funcionamento do motor. 

  • ÓLEOS 

O óleo que circula nos automóveis também tem vida útil e deve ser monitorado com atenção. Essa regra vale tanto para a parte hidráulica quanto para a mecânica, que se negligenciadas podem acarretar grandes prejuízos, incluindo o humano. 

  • ESTRUTURAL 

Essa é a atitude que investiga rachaduras, fissuras, trincas, vazamentos ou qualquer outro tipo de intercorrência que prejudique o perfeito funcionamento do veículo. Ela é feita essencialmente por uma inspeção detalhada. 

 

A importância da manutenção preditiva na gestão de frotas 

Para o gestor de frotas estratégico, veículo parado é sinal de prejuízo. Dessa forma, quando consegue antecipar problemas e agir para minimizar ou zerar impactos, o trabalho do gestor se torna ainda mais valioso. 

O automóvel bom é aquele que está sempre em funcionamento, não ocioso e em sua total capacidade de performance, o que gera ao negócio maior produtividade e rendimento: elementos essenciais para a prosperidade de qualquer empresa. 

O desafio da análise preditiva para o gestor de frotas

Não basta apenas ter dados coletados do desempenho de determinado veículo. É preciso estar atento ao motorista e seu comportamento peculiar ao usar o automóvel, afinal o capital humano é o bem mais valioso. 

Analisar ambas as performances, veículos e motoristas, em sinergia, é tarefa para grandes gestores, que estão de fato colocando as empresas, donas dessas frotas, em outro patamar de excelência. 

Para potencializar esse perfil analítico, é preciso ter as ferramentas corretas, como um bom software de gestão. Essas plataformas podem fornecer métricas valiosas, direcionando de forma mais assertiva as ações do gestor, que poderá colher frutos promissores. 

Além disso, um bom suporte técnico faz toda a diferença. É o caso do time de Sucesso do Cliente Mobi7 Localiza, que reúne grandes especialistas de gestão, capazes de colaborar para uma análise precisa dos dados e efetivar um planejamento mais robusto de atuação.  

Automatizando a manutenção preditiva com o software Mobi7 Localiza

O gestor que busca maior disponibilidade dos ativos e melhor performance precisa introduzir na sua gestão a manutenção preditiva, apoiado por algum software que forneça dados confiáveis e uma análise diferenciada. 

Nesse sentido, a plataforma Mobi7 Localiza é a melhor escolha. Isso porque, por meio do nosso software, criam-se alertas que indicam o momento correto para se realizar as manutenções de cada veículo da frota. 

Além disso, é possível analisar métricas importantes, como a jornada do abastecimento, o comportamento do motorista, o controle de velocidade, o histórico de trajetos, entre outros. 

Conheça com profundidade as soluções da plataforma Mobi7 Localiza e visualize o seu negócio em outra direção: a da melhor performance, com eficiência e economia! 

Agende um tour pelo nosso software com o apoio do nosso time comercial hoje mesmo. Não espere nem mais um minuto para colocar a sua empresa no caminho do sucesso! Solicite a demonstração gratuita agora. 

×